BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quarta-feira, 7 de abril de 2010

E essa luz da noite, só me deixa mais inquieta, querendo sair daqui, partir, sem ter pra onde ir pra nunca mais voltar. Parece que estou presa dentro de mim; é nítido, não é? Não consegue ver?
Minha voz se trancou dentro de mim, e eu fecho meus olhos e tampo meus ouvidos pra não escutar ela ecoando; tentando gritar.
Tentando gritar pra mim;
Tentando gritar pra você não partir.
Não partir de mim.

// Mais já é tarde; Você já se foi. Por isso ela se trancou dentro de mim.

7 Comentário(s):

Wevertton disse...

Nossa. Que lindo... é ruim mesmo tentar gritar para impedir algo, mas quando se ja é tarde *-*

Beijos. Passa la

Gee (: disse...

é ruim gritar ninguem te ouvir (:
mais sempre há tempo pra tudo
Lindo post tão facil de sentir
e de entender

bjs ♥

Sílvia disse...

Os gritos mudos são os que mais me ensurdecem.

Beijo

Aldenir Ferreira disse...

lindo! =)

lê e divulga meu texto sobre as enchentes do Rio?

http://aldenirferreira.blogspot.com/2010/04/aguas-de-abril-um-novo-enredo-para-o.html

beijos.

Anônimo disse...

é, também estou trancada dentro de mim.

Thais Souza disse...

Como destrancar esse silencio inquietante de nós mesmos? Silencio não, esse grito! Essa voz que ecoa somente em nossos ouvidos? Como compartilha-la com os outros?

Adoreii seu blog! ;) Parabéns!

EpiThree disse...

eu gosto tanto daqui, do que você escreve...mas nunca sei comentar à altura D: mas eu sempre to aqui dando mó apoio visital /apoio visital? O_O by: sua chará x3