BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

domingo, 6 de março de 2011

Ninguém entende. Meu mundo fica girando, cada vez mas rápido. Quando eu me dei por mim, eu estava num cenário que eu mal conhecia, num estágio da minha vida que nunca pensei que eu fosse passar; Eu não tenho percebido nada, nem as minhas feridas (que estão praticamente cicatrizadas, mas, que ainda doem), nem as gotas dessa chuva que parece infinita, muito menos o que eu tenho feito. Tenho feito tanta coisa pra me destrair que nem percebo, virou rotina. Parece que nunca aconteceu nada, que minha rotina sempre foi corrida, e que tudo o que eu faço sempre esteve aqui, presente.
Como eu disse, me dei por mim, hoje cedo. Fumando o ultimo cigarro do meu terceiro maço da semana. Passou pela minha cabeça, como o vento passa por'entre as folhas. Tão rápido, mas, tão marcante, assim como algumas pessoas passam pela minha vida. Tão rapidamente, mas, conseguem tirar um sorriso do meu rosto.
Eu não tenho força pra sorrir, nem pra viver; e eu acho engraçado. E é mesmo. Acabo tendo força involuntáriamente, contando as gotas da chuva, sem perceber. Eu nem sinto, só vivo. E é como dizem 'é o que tem pra hoje'. Se não for assim, não tem como ser. Acho que é tipo um mecanismo que os nossos corações ignoram a existência.
Mas, é assim mesmo. Eu nunca vou conseguir entender.

/ Nem eu; nem ninguém.

1 Comentário(s):

Hely ° disse...

Tem um presente pra você no meu blog:

http://meninasegredos.blogspot.com/2011/03/meu-selo-agradecimento.html

Se gostar e aceitar, comente!

Bjaum.*.*.