BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 17 de julho de 2010

- você não precisa ler isso, é.

Eu me sinto tão diferentes das outras pessoas. Tão mais distante; Tão mais exagerada.
Eu não sei explicar, só posso dizer que eu não sou daqui absolutamente.
Eu queria só entender, porque me sinto assim. Porque eu gosto do meu mundo, mesmo eu me sentindo mal dentro dele por várias vezes.
Isso não é egoísmo, mais eu acho que sou melhor sozinha mesmo. Afinal, quem gostaria de ser companhia de uma garota rebelde que insiste em dizer coisas sem sentido, até quando o sentido mais óbvio mostra a verdade? Eu acho que eu sou tão na minha que não ligo realmente para o que pensam de mim. E se ligo é porque chegam em mim e falam 'Óh, Iris! Presta atenção, você está fazendo errado isso.'
É sério, eu só queria me sentir bem perto desse monte de pessoas. Eu só queria me aceitar, do jeito que eu sou, mesmo eu querendo viver no meu mundo não aceito por mim mesma pra sempre. Mesmo tudo se corrompendo desse jeito. Eu só queria conseguir não pensar sobre o que eu acho que devo fazer perto de outras pessoas que eu sei que não me entendem, que eu sei que não podem sentir por mim.
Eu estou cansada. Cansada de mim.
Eu já não consigo me aceitar, tenho nojo do que posso pensar, não tenho paciência pra não poder lembrar, não tenho razões suficientes pra querer mudar.
Sabe quando você tem aquela sensação que nada está no seu devido lugar? Que não era pra você ser assim?... Que tudo se corrompe quando tal sentimento age dentro de você?
Sabe quando sua vida parece que não tem sentido?
É.

// Sabe quando você sente o choro vindo em direção em à seus olhos, e o soluço vindo à sua garganta? Sabe quando você está farta de sentir uma coisa que nem você sabe o que é? É isso que eu estou tentando dizer/falar/gritar/parar de pensar/e tudo o que você imaginar.

1 Comentário(s):

T. Down disse...

eu te entendo.