BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quarta-feira, 10 de março de 2010

E querido, eu já não preciso da sua proteção. Suas palavras eram de seda, e elas se rasgaram. Agora, já não sou mais eu que faço seu sofrimento. Isso dura até quando você mesmo achar suficiente.
Vai precisar ouvir de quantas pessoas a mesma coisa?
Nem tudo está ao seu alcance, e eu não sou um objeto.

/Talvez, agora você entenda porque eu tinha medo no começo. Talvez agora, tudo já faça um sentido diferente pra você, do que sempre fez pra mim.

5 Comentário(s):

Tatiane Lemos disse...

ai que lindo o jeito que vc se expressou, amei assim, sem palavras feias....apenas disse o que tinha de ser dito mesmo!


Beijos, o blog tha lindo!
Parabéns!

Mirieeli disse...

aaameei cara *------* ta lindo lindo lindo iris!

Paula Teles disse...

Nossa muito lindo mesmo.Parabéns Beijos flor *-*

inabilmente disse...

'suas palavra eram de seda e elas se rasgaram'. Já passei por uma decepção assim :/

Déborah Delancy disse...

Que perdido. E lindo *-* não me assustarei se você por acidente parar em minas de repente /rimou -q